3 dias em Salvador com Crianças

Salvador é uma cidade que encanta pessoas de todas as idades. Por aqui dá para encontrar atrativos também para quem viaja com crianças.

Nós montamos um roteiro básico de 3 dias contando o que você pode fazer pela nossa cidade, sem deixar a diversão dos pequenos de lado!

Dia 1 – Conhecendo um pouco da história de Salvador

Vale muito a pena mostrar um pouco da história da cidade, por ter sido aqui onde o Brasil praticamente começou. Muitos momentos dos primeiros anos do nosso período colonial estão guardados nestes prédios, principalmente do Pelourinho e todo o Centro Histórico de Salvador.

Você pode começar o seu passeio no Mercado Modelo, onde as crianças certamente encontrarão muitos brinquedos artesanais únicos. Vale a pena fazer um passeio pelo prédio inteiro e, quem sabe, não aproveitar para colocar os famosos Tererês nos cabelos.

Com os cabelos trançados e coloridos, você pode seguir com seus pequenos para o Elevador Lacerda, logo em frente ao Mercado Modelo. Subindo, já chegamos no início do Pelourinho.

Dica de ouro: na saída do Elevador Lacerda você vai encontrar uma sorveteria tradicional em salvador, A Cubana. Vale a pena parar e experimentar um delicioso sorvete de frutas tropicais. Você pode ainda sentar bem ao lado do elevador e curtir a vista do alto.

Saindo do Elevador Lacerda, partimos para conhecer o Pelourinho. Aqui você pode fazer paradas na Praça da Cruz Caída, no Terreiro de Jesus, na Igreja de São Francisco, na Casa de Jorge Amado e ir até a Rua das Laranjeiras e se divertir um pouco na escola do Olodum.

Voltando do Pelourinho, você pode pegar um taxi ou um Uber em frente ao Elevador Lacerda e partir para a Ribeira. O destino aqui é certo: a famosa Sorveteria da Ribeira. Assim como a sorveteria A Cubana, aqui tem sabores ainda mais tropicais, como Pinha, Jaca, Coco, Cajá e outras frutas regionais.

Dá ainda para aproveitar um pouquinho e curtir a vista da Orla da Ribeira. Sempre tem crianças brincando por aqui e a vista é única! Enquanto seus pequenos se divertem um pouco, dá para admirar a paisagem.

Para fechar o primeiro dia, seguimos para o Farol da Barra. O final de tarde por aqui é bastante divertido para quem vem com criança. Você pode alugar patins e brincar por todo o calçadão em frente ao farol. Ainda há grupos recreativos, com brincadeiras para todas as idades.

Depois desse dia, é preciso descansar para curtir o que preparamos para amanhã.

Dia 2 – Descobrindo as particularidades da capital baiana

O nosso primeiro destino com os pequenos será a Casa de Jorge Amado. Não estamos falando daquela casa que você passou ontem, no Pelourinho. Dessa vez, conheceremos o lar verdadeiro do escritor e da sua esposa, a também escritora, Zélia Gattai, no Rio Vermelho.

O imóvel ficou muitos anos fechado, até que em 2014 se transformou em um lindo museu. Chegar aqui é se deparar com um ambiente no estilo “casa de avós”, com plantinhas no cercado, um pequeno parquinho, fontes naturais e decoração muito colorida.

Na lojinha ainda é possível encontrar diversos itens, como os famosos azulejos que são pintados a mão. Netos e bisnetos de Jorge e Zélia sempre estão por aqui e fazem questão de fazerem leituras de obras dos escritores. Certamente será um passeio incrível.

A Casa de Jorge e Zélia fica na Rua Alagoinhas, 33, Rio Vermelho. A entrada é R$ 20 inteira e R$ 10 para estudantes e idosos (preços de maio de 2019). Às quartas-feiras, a casa não cobra ingresso. O horário de funcionamento é das 10h às 17h, de terça à domingo.

Saindo da Casa de Jorge e Zélia, partiremos para outro atrativo que fica bastante próximo: o Zoológico de Salvador. A atração fica no bairro de Ondina e a entrada é gratuita. Por aqui tem mais de 150 espécie e 1600 animais.

Após o passeio no zoológico, a nossa dica é que voltar para o Rio Vermelho e saborear o Acarajé da Dinha, no Largo da Mariquita. Depois é descansar porque o último dia, com certeza, será o mais divertido para as crianças.

Dia 3 – Conhecendo as belezas da Praia do Forte

É praticamente impossível viajar para Salvador com crianças e não fazer uma parada na Praia do Forte. Além de ser uma praia tranquila, com poucas ondas na maioria das suas pontas, aqui você encontra o famoso Projeto Tamar, onde é possível passar uma manhã inteira aprendendo mais sobre as tartarugas marinhas.

Você pode curtir o cinema, ver as exposições, levar presentinhos para a casa da loja dentro do projeto e curtir mais da culinária baiana do restaurante que há por aqui.

Saindo do Projeto Tamar, a nossa dica é fazer algo que nestes 3 dias ainda não tínhamos indicado: aproveitar o mar da Bahia! Bóra!

O que achou do nosso roteiro de 3 dias em Salvador? Depois nos conta como foi a sua experiência. Marca a gente nas redes sociais. Queremos ver as fotos dos seus passeios! :)

Reservar Quarto